O povo apresenta suas armas



Imagem: reprodução/Tv Cultura

Os descalabros dos bandidos de gravata alinhada e terno engomado que nos acostumamos a deixar por isso mesmo não deixaram – nem deixarão tão cedo – de existir no Brasil. Acusado de crimes contra o sistema financeiro (e, evidentemente, inocentado) e falido, o especulador Naji Nahas tem tentado recuperar um terreno que pertence à massa falida de uma das suas empresas, ocupado irregularmente desde 2004 e que já se tornou um bairro.

Segundo uma reportagem da TV Cultura que tem repercutido na internet nas últimas horas, a companhia conseguiu na justiça uma ordem de reintegração de posse. Só que nem os empresários nem as autoridades contavam com uma resistência tão disposta. Os moradores da região que é conhecida como Pinheirinhos, em São José dos Campos, montaram uma verdadeira tropa de choque, protegida com escudos feitos com pedaços de tonéis e capacetes de moto e armada com paus, pedras e lanças. A população do lugar, que não é pequena, lotou o front para esperar a polícia militar e se dispôs a lutar.

Estamos longe de dizer que o povo está se levantando contra os desmandos e as injustiças. Mas do mesmo jeito que a ocasião faz o ladrão, o ladrão faz a ocasião. Um país que faz questão de ostentar ao mundo sua riqueza não é capaz de sustentar diferenças sociais tão extremas como as nossas, pois ninguém aguenta ser miserável e ver um milionário tentando torná-lo mais miserável ainda.

Veja no vídeo abaixo:


Gostou do texto? Cadastre aqui seu e-mail para receber as atualizações do blog e curta nossa página no Facebook! =)




COMENTE COM O FACEBOOK